Missão

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Loures, enquanto agente de proteção civil, constitui uma unidade operacional, tecnicamente organizada, preparada e equipada para o perfeito exercício das missões que lhe estão atribuídas pelos normativos legais em vigor, da qual se destacam os seguintes serviços:

Para além da emergência pré-hospitalar, protocolada com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), o Corpo de Bombeiros desenvolve um importante serviço à comunidade, ao assegurar o transporte de doentes, em situação não urgente, para consultas, exames médicos, tratamentos e retornos hospitalares. Trata-se de um serviço de cariz social, que assume grande relevância em termos da quantidade de serviços prestados.


Salientamos no ano de 2020, a celebração dos 133 anos de existência da nossa Associação ao serviço desta comunidade.

Área de Atuação

O concelho de Loures foi criado em 1886, por Decreto Real de 26 de julho. Está inserido na Área Metropolitana de Lisboa, ocupa uma área de cerca de 168 km2 com uma população de 205.054 habitantes (INE – Censos de 2011). 

Conta com a proteção de sete Corpos de Bombeiros – Bucelas, Camarate, Fanhões, Loures, Moscavide e Portela, Sacavém e Zambujal. 

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Loures, de acordo com a legislação atual, cobre uma área de 58,6 Km2 , correspondente a 34,8% da área do concelho, sendo o responsável pelo socorro nas Freguesias de Loures, Lousa e União das Freguesias de Santo António dos Cavaleiros e Frielas, com uma população residente de 58.583 habitantes, equivalente a 28,5% da população do concelho (de acordo com o INE, Censos 2011), designada por área de atuação (AA). 

A área de atuação privilegia o conceito de acessibilidade e proximidade dos meios de socorro, minimizando o tempo de deslocação, favorecendo a eficácia e a eficiência na intervenção. Considerando o posicionamento relativo da sede do Corpo de Bombeiros (CB) face à AA e ainda à assimetria na distribuição populacional, 90% concentrada nas Freguesias de Loures e União de Freguesias de Santo António dos Cavaleiros e Frielas, denominada área urbana, existindo também áreas rurais adjacentes, bem como alguns parques industriais, coexistindo uma diversidade de riscos inerentes às atividades desenvolvidas. 

A Freguesia de Lousa, predominantemente rural é caracterizada pela mancha florestal envolvente e uma densidade populacional reduzida. 

A heterogeneidade descrita implica dispor de meios operacionais adequados a cada realidade, fator essencial para o sucesso da nossa missão.

Composição do Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros está estruturado em duas companhias, com quatro seções, oito brigadas e dezasseis equipas. As secções mantêm um papel importante na missão de estabilidade, motivação e mobilização do Corpo de Bombeiros. 

 

O Corpo de Bombeiros mantém uma força mínima de intervenção operacional, cobrindo as vinte e quatro horas do dia, todos os dias do ano. Esta força mínima de intervenção operacional é assegurada por:

▪ De 2ª a 6ª feira das 20:00 às 07:00;
▪ Sábados e vésperas de Feriado das 20:00 às 08:00;
▪ Domingos e Feriados das 08:00 às 07:00.

Consulte aqui a composição do quadro ativo

Em 31 de Dezembro de 2020 o Corpo de Bombeiros contava, nos seus quadros, com um total de 228 efetivos.